sexta-feira, 27 de abril de 2012

Alfaiates & Alfaiatarias


Carlos Gaspar Santos o Mestre Alfaiate
Rua dos Remédios 160
Alfama, Lisboa

Carlos Alberto Gaspar Santos está estabelecido em Lisboa já lá vão quarenta anos. Em 1964 existiam ainda em actividade cerca de 6. 500 alfaiates em Portugal, afirma Carlos Fontes no Blog dos Alfaiates em uma resenha da história da alfaiataria em Portugal.
Chegavam a Lisboa vindo de Valesim, Seia como o Sr. Carlos Gaspar Santos; de Benavila, concelho de Aviz terra natal de João Ribeiro; Francisco Sabino Brito veio de Almodôvar para Lisboa e adquiriu a casa ao patrão, no n.º 93 do Rossio, 11 dias antes da revolução dos cravos. Hoje são cada vez menos os alfaiates em Lisboa. Não é apenas o comércio tradicional que luta para não desaparecer, são histórias de vida que não se podem perder.





João Ribeiro Alfaiate na Loureiro e Nogueira




 

Loureiro & Nogueira, Lda.
R. de santa Justa 79, 1º
Tel. 21 342 44 65

Fundada em 1930 foi adquirida em 1992 pelos seus actuais proprietários, o Sr. João Ribeiro e esposa, que se iniciou com 11 anos, como aprendiz [de Alfaiate] e ainda hoje acompanha as tendências da moda. Conta actualmente com dois trabalhadores mas chegaram a trabalhar na alfaiataria 8 pessoas.

Le Tailleur Moderne
R. Augusta, 213-215
tel. 21 342 24 19

João B. Carneiro, Lda é o nome da firma, fundada em 1907, mas desde 1975 até hoje os proprietários são Manuel Silva e esposa. O estabelecimento ocupa dois pisos. a loja e no piso superior o armazém, escritório e atelier. Fácil de identificar atrav´+es das tabuletas, reclamos e uma vistosa montra, no interior prodominam as madeiras de aspecto clássico. É também conm facilidade quese admiram expostas algumas peças que fazem parte da história deste ramo. Presentemente, trabalham neste estabelecimento cinco pessoas. Tem sucursal na Av. Guerra junqueiro.



Nunes Corrêa - A alfaiataria que vestiu Almeida Garrett







 Alfaiataria Nunes Corrêa
R. Augusta, 250
Tel. 213 240 930

Fundada em 1856 por Jacinto Nunes Correia, oriundo de família de algibebes. Continuou nos seus descendentes até 1957, altura em que passou para Mário Leão. Hoje é o seu neto que está à frente, seguindo uma modernização que vai do fabrico de sapatos, desde c.1950, até à loja virtual, sempre a vestir bem o homem - “estilo clássico, mas sempre com um apontamento da N. Corrêa”. Em 1919 migrou da rua de S. Julião para onde está hoje, mais tarde em 1974 foi alvo da remodelação que a caracteriza - loja bem decorada, forrada a painéis de madeira, ao estilo clássico, de fachada notável e na esquina uma placa comercial emoldurada por cantaria lavrada, que acaba por resgatar o tempo em que vestiam a Família Real.



  


Brito Alfaiate - Francisco Sabino Brito
R. D. Antão de Almada 3, 3º e Praça D. Pedro IV 93, 3º
Tel. 21 346 30 17

O actual proprietário entrou como aprendiz por volta de 1960, tendo em 14/4/1974 adquirido o estabelecimento ao seu anterior proprietário, o Sr. Manuel Pina. A oficina, cuja janela tem vista para o Rossio fez com que no dia 25/4/1974 fosse disputada por jornalistas e curiosos para a obtenção de imagens. “Desta janela já foram filmadas várias películas cinematográficas”.

  

Piccadilly Ldª - Alfaiates Mercadores
R. Garrett 69 - 71
Tel. 21 342 67 21

Abriu como Vitorino, Ferreira & Almeida Lª do outro lado da rua, no nº 58-60, pela mão de Benjamim Ferreira e continuou nos herdeiros até aos anos 1980-85, altura em que passou para a propriedade do sr. Manuel Mendonça, alfaiate da casa, e depois para os seus herdeiros. Mudou para o actual local em 1919 e

em 1924 tomou o nome de Piccadilly. É o exemplo da alfaiataria inglesa em Lisboa: decoração, emblemática, cartazes, tecidos, gravatas e corte - tudo à inglesa. Da remodelação dos anos 1960, o mobiliário é em madeira, a porta da rua em madeira clara. O painel em vidro espelhado, fundo preto, letras douradas mencionam “mercadores e alfaiates”. Hoje a equipe compõem-se de 1 mestre alfaiate, Joaquim Dias, há 30 anos na casa, 2 oficiais de alfaiate e 6 costureiras de alfaiate.



João Bento Vicente & C.ª Lda.
R. dos Remolares, 24 -26
Tel. 21 346 38 73

Fundada em 1897 por João Bento Vicente, bisavô dos actuais proprietários, o Sr. José Vicente e a D. Teresa Vicente Castilho, tendo passado pelas 4 gerações. Loja com aspecto cuidado, requinte nas
fachadas e montras, ambiente agradável pelo mobiliário de madeira e a decoração, mantém as linhas iniciais e um estilo sóbrio, elegante e discreto. Alfaiataria com duas costureiras e um alfaiate, no futuro irá estender à produção de tailleurs para senhora. Além, dos fatos, podem encontrar-se camisas, gravatas, pólos e casacos, de entre outros acessórios para homem.

Lourenço & Santos Ldª pronto-a-vestir, camiseiros
Pr. Restauradores 47 A e B
Tel. 21 346 25 70/ 21 342 62 06

Fundada em 1910, por Lourenço alfaiate e Santos comerciante, no edificio do Avenida Palace, esteve aí até 2006. Hoje das Confecções Dinis & Cruz, ocupa 2 lojas ligadas na retaguarda, com uma decoração dos anos 1950 do arqtº Carlos Tojal, com balustradas, balcões abertos, tectos em níveis, chão em tacos de azinho envernizados. Na cave, a sala de provas também com uma decoração cuidada e as salas da alfaiataria. As montras amplas têm o nome da firma em néon e numa das entradas a marca em calçada à portuguesa.

3 comentários:

José Leite disse...

Belíssimo post acerca de mais uma profissão, infelizmente, em vias de extinção.

Bem hajam por esta pequena resenha histórica acerca dos grandes alfaiates lisboetas.

Cumprimentos

José Leite

Guilherme de Almeida disse...

Boa noite,
Muito interessante esta resenha. Fala-se dos mais importantes e emblemáticos alfaiates de Lisboa, mas esquece-se o homem, o Mestre, que ensinou mais de 3500 alfaiates, ao longo de mais de meio século: Manuel Guilherme de Almeida (1898-1992), meu pai, criador do método Maguidal e fundador da escola de corte conhecida como "Academia Maguidal", na Rua da Palma, 219 - 2.º Esq.º, em Lisboa

Cordialmente.
Guilherme de Almeida
guilhermedealmeida@clix.pt

João Bento Vicente e Companhia Limitada disse...

Excelentíssimos Senhores,
Por forma a podermos entrar em contacto convosco, agradecemos que nos indiquem o Vosso endereço de correio electrónico ou o contacto telefónico.
Antecipadamente gratos,
JOÃO BENTO VICENTE & COMPANHIA LIMITADA
joaobentovicente@gmail.com