terça-feira, 11 de maio de 2010

Lisboa recebe Bento XVI.





























































































































































































































































































































































































































































































































































































































































































































































































































4 comentários:

Gastão de Brito e Silva disse...

Tenho pena que o Dalai Lama tivesse sido recebido às escondidas dos chineses...e com o papa há este fausto, sendo ambos homens de Deus...

Sofia Gaivota disse...

Parece que me enganei no blog... 3 videos e umas dezenas de fotos sobre o Bento XVI... qual o propósito????
Desculpem mas não percebi!!!

Miffy disse...

BOA NOITE LISBOA S.O.S.,

Não percebo o motivo de indignação manifestado pelo comentário anterior: a vinda do Papa, constitui notícia digna das belas reportagens deste BLOG, por pôr o mundo com os olhos na nossa bela Capital e, quanto mais não seja, de certeza que acelerou o concluir das infindáveis obras no Terreiro do Passo :)

Quer se queira, quer não, somos até à data, um País de forte Tradição Católica: é inegável e, faz parte da nossa Cultura e identidade cultural e histórica.

OBRIGADA POIS NÃO PUDE IR E, ASSIM FIQUEI COM UMA IDEIA DO QUE SE PASSOU :)

Miffy

João disse...

Também tive presente no terreiro do paço na missa campal do Papa Bento XVI juntamente com as milhares de pessoas que lá tiveram, posso dizer que o momento mais tocante, foi estar a um metro do Papa durante 1 minuto e meio na Nunciatura no dia que se despediu de Lisboa, foi um momento único que me deixa sem palavras para descrever.