segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

O mono do futuro Museu dos Coches.










Belém.

3 comentários:

Julio Amorim disse...

Mal localizado, desnecessário, desperdício de dinheiro....mas em termos de arquitectura um bom edifício.

tomas disse...

Grande edifício que aqui vai surgir!!!

Perfeito para albergar o maior e melhor espólio português

muito mais qualidade arquitectónica que o CCB



mas se não conhecem as obras deste arquitecto génio
escrevam Paulo Mendes da Rocha

nl disse...

Ora aqui temos um novo Museu dos Coches a construir.Nada tenho contra a renovação arquitectónica e urbana da cidade, contudo podemos sempre questionar a oportunidade da mesma, quando vemos as necessidades e carências de reabilitação e manutenção dos museus existentes. Quando vemos o património cultural e histórico da cidade ao abandono e a ruir. Basta apenas subir a encosta da Ajuda para perceber o descalabro existente na envolvente próxima do palácio da Ajuda. O novo museu do coches é assim uma obra absolutamente desnecessária e consumidora dos parcos recursos que temos actualmente para fazer frente às necessidades de cuidar do nosso património existente.
Obra de regime, da qual, segundo analises abalizadas sobre o seu programa funcional e ambiental, tem manifestas deficiências programáticas.
Esta é pois uma obra sumptuária que virá certamente a todos maravilhar em festejos de intensas luminárias em futuro próximo.Bem hajam os clarividentes patrocinadores e iluminados génios executores.