segunda-feira, 17 de janeiro de 2011

Assassino.



.
A Praça de Londres tinha uma placa central ajardinada. Em esquadria clara, límpida, com buxo e bancos, em harmionia com o estilo da Praça. Era um lugar consolidado. Vai este artista e rebenta com tudo, põe os montes de terra com uma relva que vai... pelar. Os montes irão ser montes de pó no Verão, e de lama, no Inverno. Acabou a harmonia do local. Gastou-se um balurdio num sítio que estava perfeito, calmo, tranquilo - só não queria que o chateassem. Incrível. A pergunta: melhorou-se o quê, na Praça de Londres? Ficou melhor em quê? Nada.

2 comentários:

Bigalface disse...

E o Miradouro de Santa Luzia, por exemplo ,que tanto precisava continua vergonhosamente na mesma.

Bernardino disse...

Eu por acaso acho que está bastante melhor... e "Assassino" é um termo um pouco exagerado mesmo para quem preferisse o jardim antigo com as gradezinhas e os arbustos, não?


PS: reparei que não é possível assinar anonimamente mas depois o post é anónimo